Viagem de Trem Belo Horizonte-Vitória

Esta é a viagem mais longa feita de trem no Brasil. São 664 km, levando passageiros de Belo Horizonte à Vitória. A viagem do percurso total dura entre 13 e 14 horas. Passa por cidades históricas mineiras que ficam às margens dos rios Doce e Piracicaba. Por ser uma viagem longa, o trem conta com um vagão lanchonete e um vagão restaurante. Há também um vagão exclusivo para portadores de necessidades especiais.

As partidas são todos os dias de Belo Horizonte com saída às 7h30 e chega à vitória aproximadamente às 20h30. E o que sai na direção contraria, de Vitória (em Cariacica na Região Metropolitana de Vitória) sai às 7h para Belo Horizonte e chega aproximadamente às 20h.

Venda de Passagens OnLine: recurso principalmente para pessoas que são de outros Estados do Brasil e desejam realizar esta viagem. Entre no site da Vale do Rio Doce, administradora da ferrovia e compre sua passagem com opções de escolhas. Use este link: http://www.vale.com
Telefone para consultar sobre a possibilidade de reserva de passagens (0800 285-7000 ) ou (31-3279-4389) estação de Belo Horizonte.
Para informar-se sobre os horários de Belo Horizonte à Vitória, telefone: 0300 3136580.
ferrovia Belo Horizonte Vitória

ESTAÇÕES FERROVIÁRIAS:
Estação Ferroviária de Belo Horizonte-MG
End: Rua Aarão Reis, 425, Praça da Estação – Centro
Telefones: (31) 3279-4366 (31) 3273-5976 / (31) 3273-5976 – 0800 286 2233 – 0800-985151

Estação ferroviária de Cariacica (Vitória)-ES
Telefone: (27) 3333-2444 ou (27) 3333-2468

Outras estações FERROVIÁRIAS

Dicas de embarque:
Para garantir uma boa viagem é preciso estar atento aos detalhes antes de embarcar. Confira algumas dicas:
Verifique se todas as informações do seu bilhete estão corretas. Não é possível trocar passagens após o dia da viagem.
Chegue à estação pelo menos 45 minutos antes do horário de saída do trem.
Mantenha em mãos sua passagem e um documento de identidade.
Evite o excesso de bagagem, levando o necessário, dentro do limite de 35 kg.

Passagens:
Empregados: Os empregados da Vale viajam gratuitamente ao apresentar crachá funcional e carteira de identidade. O benefício também é válido para seus dependentes. Os aposentados da Vale viajam gratuitamente ao apresentar a Identidade da Valia. O benefício também é válido para seus dependentes. Mesmo viajando a serviço, o empregado Vale tem de apresentar o crachá funcional. Tanto para empregados quanto para aposentados Vale, o limite de passagens é estabelecido conforme os acordos coletivos específicos de cada sindicato.
Crianças: De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente menores de 12 anos só podem embarcar desacompanhados com autorização do Juizado da Infância e da Juventude. Por isso, providencie o documento com antecedência para não perder a viagem. Crianças com até cinco anos podem viajar de graça, desde que no colo do responsável. A partir dos 12 anos e até completar 18, o menor pode viajar desacompanhado, mas precisa comprovar a idade. Mesmo acompanhados, menores de idade precisam sempre mostrar a certidão de nascimento ou carteira de identidade para embarcar, e seus responsáveis também devem apresentar documento que comprove o parentesco. Atenção: só serão aceitos documentos originais ou cópias autenticadas.
Maiores de 60 anos: O Estatuto do Idoso prevê duas vagas gratuitas por trem, reservadas para passageiros de 60 ou mais anos (renda igual ou inferior a dois salários mínimos). Se essas vagas já estiverem ocupadas, o passageiro com esse perfil pode comprar o bilhete com 50% de desconto (válido apenas em viagens interestaduais), apresentando identidade e comprovante de renda. Como é estabelecido na lei, o benefício vale para transporte convencional, ou seja, nossa classe econômica.
Portadores de deficiência: De acordo com o decreto federal n° 3.691, há dois assentos gratuitos em cada trem destinados a passageiros portadores de deficiências ou com alguma dificuldade de locomoção. O Trem de Passageiros da Estrada de Ferro Vitória a Minas possui um carro exclusivo para passageiros com deficiências ou dificuldade de locomoção e seus respectivos acompanhantes. A iniciativa garante conforto e comodidade durante toda a viagem.

Direitos dos Usuários:
Receber a diferença do preço da passagem quando, por algum motivo, a viagem acontecer em um trem inferior ao contratado.
Obter o valor pago ou remarcar a passagem se desistir da viagem, desde que avise com seis horas de antecedência.
Ter assistência imediata e adequada em caso de acidente.
Receber auxílio no embarque e desembarque de pessoas idosas ou com dificuldade de locomoção.

Achados e Perdidos:
A Vale não se responsabiliza pelas bagagens dos passageiros. Porém, os objetos e documentos encontrados no trem são encaminhados ao Posto Central de Objetos Achados e Perdidos. Entre em contato com a Alô Ferrovia, pelo telefone 0800-2857000 e saiba como recuperá-lo.
Fonte: http://www.vale.com/brasil/.aspx